sexta-feira, 31 de julho de 2015

VOCAÇÃO SACERDOTAL OU RELIGIOSA: ABRE SUAS PORTAS O SEMINÁRIO SÃO LUIS MARIA GRIGNION DE MONTFORT

União Sacerdotal Marcel Lefebvre, desejando responder ao estado de necessidade no qual se encontram numerosas almas, conta com formar futuros sacerdotes no espírito de Mons. Lefebvre.

O seminário abrirá suas portas no próximo 3 de outubro, em Angers. Estará sob o patrocínio de São Luis Maria Grignion de Montfort, grande apóstolo mariano e missionário.

Monsenhor Jean Michel Faure dirigirá este novo seminário e os Padres Dominicanos (de Avrillé) assegurarão parte do ensino.





Todo jovem que se põe a questão da vocação sacerdotal (ou religiosa) pode se dirigir a Mons. Faure (que reside em Avrillé: 02 41 69 20 06), ao Padre Bruno(06 20 43 44 32) ou ao Padre Salenave(matthieusalenave@gmail.com ou pelo telefone 06 65 14 13 33) [ou ao Padre Cardozo (Brasil) ou ao Padre Trincado(México), escrevendo para qualquer um deles neste e-mail:npossumus@gmail.comAcréscimo do Pale Ideas: ao Padre Cardozo podem escrever diretamente a seu e-mail pessoalrunaejcv@gmail.com]. 

O seminário precisa de sua ajuda material e financeira para oferecer a estes futuros sacerdotes a estrutura e o ensino necessários para o florescimento de sua vocação. 

* Para ajudar ao Seminário, pode enviar seus cheques a: 

"L'Association des Amis de Mgr Freppel" (AMF)
9, route de Feneu
49460 Cantenay-Epinard
E-mail: seminaire.slm@gmail.com.


Confiamos este importante projeto para o futuro da Tradição Católica a suas generosas orações.  





    

Tradução livre: Giulia d'Amore.
http://farfalline.blogspot.com/2015/07/boas-novas-o-seminario-sao-luis-maria.html

segunda-feira, 27 de julho de 2015

quinta-feira, 23 de julho de 2015

"O Vaticano II não poderá ser apresentado como concílio da Igreja Católica." Dom Antônio de Castro Mayer


(...)
No caso do Vaticano II, este poderá e deverá ser apontado como cismático, desde que se mostre que, nos seus textos autênticos, há ensinamentos destoantes da Fé tradicional da Igreja.

Ora semelhante dissonância foi notada, mesmo durante os trabalhos conciliares. É, aliás, de todos conhecida a liberdade religiosa, reivindicada pelo Concílio como direito natural, mesmo para aqueles que não cumprem o dever de investigar qual a verdadeira religião.Em outras palavras, o Concílio admite que semelhante direito seja reconhecido por todos os Estados. Tal ensinamento do Vaticano é diametralmente oposto à doutrina tradicional, renovada por Pio IX na encíclica “Quanta Cura”.

Esse é um exemplo. Há muito mais.

Diante dessa posição cismática do Vaticano II, o bem das almas impõe a absoluta necessidade de eliminá-la antes de cuidar de eventuais outras, que possam aparecer. Aliás, o Vaticano II não poderá ser apresentado como concílio da Igreja Católica.

Dom Antônio de Castro Mayer, monitor campista, 1986

CONSAGRAÇÃO AO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA DAS MISSÕES CRISTO REI E REJEIÇÃO DO CONCÍLIO VATICANO II



Publicamos a fórmula da Consagração ao Imaculado Coração de Maria com a rejeição total e absoluta do Concílio Vaticano II, com uma mensagem de apresentação dos motivos do Reverendo Padre Ernesto Cardozo. 

A Missão Cristo Rei junto com todas as Missões que são assistidas pelo reverendo padre, assina esta consagração/declaração, porque enxergamos a necessidade de sacar - do nosso próprio batismo, apoiados pelas palavras de Nosso Senhor: "que o vosso falar seja sim, se é sim; não, se é não. Tudo o que passa disto vem do maligno (Mt V, 37)" e "Uma árvore boa não pode dar maus frutos; nem uma árvore má, bons frutos (Mt VII, 18)" - uma linha de conduta frente ao latrocínio do vaticano II (como dizia Dom Lefebvre), para mantermos firmes na Fé.

-Thiago Maria.

* * *


Caros amigos, hoje tive o gosto de renovar a Consagração ao Coração Imaculado de Maria em duas das nossas Missões, e de realizar uma rejeição de todo o Concílio Vaticano II. 


Por causa de minha enfermidade, pensei nisso reiteradas vezes, e não queria aprensentar-me diante do Justo Juiz sem fazê-lo, com o fim de "vacinar" aos fiéis da Resistência diante da eventualidade de aparecer em suas vidas algun clérigo iluminado que venha a lhes contar que esse nefando concílio tem alguma porcentagem de "bom" ou que não é uma "super-heresia"!... marcando deste modo claramente os limites que há entre nós católicos e a neo-fraternidade. 



Saudações e minhas bençãos.


Ipatinga, 19/07/2015 P. Cardozo

___

CONSAGRAÇÃO AO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA


das Missões Cristo Rei e rejeição do Concílio 


Vaticano II



Prostrados aos pés de Vosso Trono de Graça, ó Rainha do Santíssimo Rosário, nos propomos cumprir, enquanto podemos, os pedidos que Vós haveis expressado quando viestes em Fátima.

Os abomináveis pecados do mundo, a iníqua proliferação dos vícios contra a natureza, os ataques à família e à vida humana, em todos os seus estágios, o avanço do Comunismo, as perseguições dirigidas contra a Igreja de Jesus Cristo, a apostasia das Nações e o olvido por parte da maioria dos homens de Vossa Maternidade de Graça destroçam o Vosso Coração doloroso e Imaculado, tão unido em sua Compaixão aos sofrimentos do Sagrado Coração de Vosso divino Filho.

Com o fim de reparar tantos crimes, Vós pedistes o estabelecimento da devoção reparadora ao Vosso Coração Imaculado. Com a finalidade de deter os flagelos de Deus que predissestes, Vós vos constituístes na mensageira do Altíssimo para exigir do Vigário de Jesus Cristo, unido a todos os Bispos do mundo, a consagração da Rússia ao Vosso Coração Imaculado. Desgraçadamente, não levaram, contudo, em conta a Vossa mensagem.

Dignai-Vos, então, ó Mãe de Deus, aceitar, em primeiro lugar, o Ato Solene de Reparação que apresentamos a Vosso Coração Imaculado por todas as ofensas com que Ele, junto com o Sagrado Coração de Jesus, é destroçado por parte dos pecadores e dos ímpios.

Em segundo lugar, no que depender de nós, damos, entregamos e consagramos a Rússia ao Vosso Coração Imaculado.

Consagramos-vos também nossas Missões, em particular a Missão Cristo Rei, seus sacerdotes e os fiéis, para que elas sejam bastiões da Fé, e em tudo busquemos a santidade e o Reino de Cristo.

Seguindo o conselho evangélico de “Pelos seus frutos os conhecereis...” (Mateus 7,16), e com base nos abundantes e nefastos frutos colhidos nos últimos 50 anos, com o objetivo de lhes por fim, no que depender de nós, queremos, de maneira expressa, sem nos atribuirmos uma autoridade que não nos pertence, mas imbuídos de solicitude com o destino da Igreja universal, fazer junto a este ato uma CONDENAÇÃO FORMALde TODO o Concílio Vaticano II, fonte, origem, alimentos de todo o Modernismo que agora campeia na Igreja, de modo que protestamos, enquanto católicos e na defesa de nossa Fé e das gerações futuras, rechaçar ABSOLUTAMENTE o mencionado concílio pastoral que tanto dano causou às almas e, para evitar a sua propagação, o consideramos cismático, suspeito de heresia e nulo, em razão de seus numerosos erros, e totalmente alheio ao Magistério da Igreja; esperando que seja formalmente condenado como um iníquo conciliábulo, em um tempo não distante, pelas devidas autoridades. Portanto, em nossas Missões resta absolutamente sem valor o tal Concílio, bem como também aquelas obras que dele derivaram, como o NOM, o CDC de 1983, o catecismo moderno (1992), com todos os demais documentos pós-conciliares que contrariam o Magistério e a Tradição da Igreja (*).

Nós, em perpétuo, nos consagramos a Vós, a Vosso Coração Imaculado, Rainha e Mãe nossa, para que todas as Nações, em paz com Deus, e uns com os outros, Vos proclamem Beata e entoem, de um extremo ao outro da terra, o “Magnificat” de glória, de amor e de gratidão ao Coração de Jesus, no qual somente podem encontrar a Verdade, a Vida e a Paz.

Amém.

(*) Cns. 2314,2316, e 2317.
Ipatinga 7-2015

quarta-feira, 22 de julho de 2015

É indispensável desmitificar esse Concílio (Monsenhor Lefebvre)




É indispensável desmitificar esse Concílio que eles desejam pastoral em razão de seu horror instintivo ao dogma, e para facilitar a introdução oficial das ideias liberais dentro de um texto da Igreja. Contudo, operação terminada, dogmatizam o Concílio, comparam-no ao de Nicéia, pretendem-no semelhante aos outros, senão superior!” 
-Mons. Marcel Lefebvre, J’acuse Le Concile!, Matigny (Suiça), Editions Saint-Gabriel, 1976, pag.9.



“...Eu não posso negar que Roma está sob influencia da Maçonaria! Roma está sob influencia dos Maçons! É certo! Vejam : reconciliar os princípios de 1789, os princípios maçônicos ! É isso o que disse o cardeal Ratzinger. Ele não o esconde. O Vaticano II é um esforço para se reconciliar com o 1789. Estais percebendo? É impressionante! ...Então caros amigos, é preciso saber escolher nesta vida, diante dos acontecimentos... É preciso vê-los como são. Não feche seus olhos dizendo: ‘Eu não quero ver isto, é duro demais, é forte demais, é pavoroso, é pavoroso’! Mas se o bom Deus nos coloca diante das circunstancias, o que Ele quer que façamos? Vamos abandonar a fé? Vamos deixar como os outros, à deriva? É preciso aprender sobre a crise da Igreja. Todas essas pessoas não sabem o que é a crise da Igreja... É nossa fé que está em jogo. É uma inversão de valores. Não são mais valores católicos. Isto não é mais cristão, não é mais católico. É maçônico, é verdadeiramente uma revolução no interior da Igreja. Satanás deu seu golpe de mestre! Usou a Igreja para destruir a Igreja! Se serviu das autoridades da Igreja para destruir a Igreja”.
-Monsenhor Lefebvre, Cospec 118-B (20-05-1986)

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Dom Marcel Lefebvre amordaçado pela Neo - FSSPX (Menzingen)


Vejam AQUI, caros leitores:  como se já não bastasse destruir a obra de Mons. Lefebvre, a Neo-Fraternidade ousa ainda mais. Agora, sem nenhum escrúpulo, trabalham para impedir a circulação de textos do arcebispo francês em site da Resistência. 

A notícia vem do site dos dominicanos de Avrillé.

E, lamentavelmente, muitos sacerdotes e leigos, acomodados nas estruturas, não se posicionam com a dignidade de um bom cristão. 

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Missão Cristo Rei na Câmara Municipal de Ipatinga.

A Missão Cristo Rei esteve presente na Câmara Municipal de Ipatinga para reivindicar a positivação de duas emendas no Plano Municipal de Educação. 

Ficamos sabendo, através de fontes confiáveis, que o Governo do PT tinha a pretensão de ocultar a Ideologia de Gênero no PME, para depois implantá-lo através de diretrizes, golpeando, assim, o legislativo.

Posto isso, os vereadores que são contra a Ideologia de Gênero propuseram duas emendas que proíbem o Governo de estabelecer diretrizes sobre questões de gênero. A Missão Cristo Rei foi a Câmara para pedir a implantação destas emendas. Com elas, congelaremos o Governo de atuar no tema em questão. 

Em um primeiro momento, 9 dos 19 vereadores apoiaram a emenda. Bastou a pressão e a mobilização do povo para mais 6 passarem para o nosso lado.

Vamos aguardar, agora, as votações.

Segue vídeo com um trecho, onde honramos Cristo Rei naquele ambiente nada católico:





quinta-feira, 16 de julho de 2015

Três anos de Missão Cristo Rei.


Três anos de batalhas.

Hoje, dia 16 de Julho de 2015, nossa Missão completa mais uma ano de existência.

Começamos na primeira visita do Rev. Pe. Cardozo,  Festa de Nossa Senhora do Carmo de 2012.

Dias de luta e dias de glorias! Louvado Seja Nosso Senhor Jesus Cristo por tudo.


Viva Cristo Rei! 

quarta-feira, 8 de julho de 2015

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Consagração ao Preciosíssimo Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo

Composta por São Gaspar de Búfalo.



Senhor Jesus, que nos amais e nos libertastes dos nossos pecados com Vosso Sangue, eu Vos adoro, Vos bendigo e a me consagro a Vós com viva Fé.

Com a ajuda de Vosso Espírito, prometo entregar toda a minha existência, animada pela memória de Vosso Sangue, como um serviço fiel à vontade de Deus pelo advento de Vosso Reino.

Pelo Vosso Sangue derramado pela remissão dos pecados, purificai-me de toda culpa e renovai-me no coração, para que resplandeça sempre mais em mim a imagem do homem novo criado segundo a justiça e a santidade.

Pelo Vosso Sangue, sinal de reconciliação entre Deus e os homens, transformai-me em um instrumento dócil de caridade fraterna.

Pelo poder de Vosso Sangue, prova suprema de vossa caridade, dai-me a coragem de amar a Vós e aos irmãos, até a doação de minha vida.

Ó Jesus Redentor, ajudai-me a levar cotidianamente a Cruz, para que a minha gota de sangue, unida ao Vosso, colabore na Redenção do Mundo.

Ó Sangue divino, que vivificais com a Vossa graça o Corpo Místico, transformai-me em pedra viva da Igreja.

Dai-me a paixão pela união entre os Cristãos.

Infundi em meu coração um grande zelo pela salvação de meu próximo.

Suscitai numerosas vocações missionárias na Igreja, para que a todos os povos seja dado conhecer, amar e servir o Deus Verdadeiro.

Ó Sangue Preciosíssimo, sinal de Redenção e vida nova, concedei-me a perseverança na Fé, na esperança e na caridade, para que, por Vós escolhido, possa sair deste exílio e entrar na terra prometida do Paraíso, para cantar por toda a eternidade o meu louvor com todos os redimidos. Amém.  


Fonte: Tradição-Resistência